Tapete: um acessório indispensável

31 outubro 2018     Acessórios

O tapete é um acessório essencial para quem deseja ter um diferencial no visual de sua casa.

Ele também é cheio de utilidades: proporciona mais personalidade e aconchego, melhora a acústica e a sensação térmica de um ambiente.

A peça coringa na decoração, traz alegria e personalidade, mas existem alguns segredos para não errar na hora da escolha.

Para acertar na escolha 

Conheça algumas dicas de como utilizar este importante item de decoração, de acordo com o ambiente de sua sala.

Primeiramente, vale lembrar que a seleção dos tapetes deve ser uma das últimas escolhas dos itens de uma sala.

O ideal é adquirir primeiro os móveis que irão compor o ambiente. Então, baseados no estilo, textura e cores dos mesmos, escolher os tapetes.

Atualmente, com as salas cada vez mais integradas, pode-se usar mais de um tapete no mesmo local.

Para isso, basta escolher a mesma coloração ou identificar algo que remete a combinação entre os mesmos.

Pontos Principais 

Há quatro pontos principais que se destacam quando vamos escolher o tapete adequado para a sala.

Primeiramente, inspecionar as medidas do tapete e do lugar onde ele será usado. Isso garantirá, obviamente, que o mesmo vai se encaixar no local.

O formato é algo imprescindível para a composição do ambiente.

Ajudará a destacar o estilo definido, vai ressaltar as linhas e formas não só do mobiliário, mas também peças e outros itens, como os quadros.

Outra dica seria sobre a espessura. Use os modelos mais baixos em lugares de constante circulação, onde o contato com o tapete será frequente.

Os de espessura mais alta, como os felpudos, podem ser usados onde não temos a necessidade de mover cadeiras ou qualquer outro móvel e trazem uma sensação bem gostosa de conforto.

Finalmente, leve em conta as cores e os temas escolhidos para a decoração na hora de optar por um modelo.

Isso também serve para integrar outros objetos da sala. As mesas central e lateral, poltronas, outras mesas, vasos, etc.

O formato ideal do tapete

Se o objetivo é ampliar o ambiente, use um tapete com a mesma cor do piso.

O tapete redondo, por exemplo, faz sucesso, pois promove um ar contemporâneo ao ambiente e caem bem em uma sala ampla.

Fora isso, servem muito bem para realçar um objeto, desde uma mesa central ou até mesmo uma luminária de chão.

Quadrado, retangular, redondo…Qualquer um deles tem um resultado final maravilhoso dependendo do estilo usado na ambientação.

Cores e Texturas

Para dar uma sensação de conforto e amplitude, opte por um tapete bege, com textura leve.

Já a estampa Chevron é atual, bastante usada no momento e ao mesmo tempo neutra.

Para os que desejam uma sala clean, o recomendável é ter cores neutras de tapetes.

Tapetes indianos, por exemplo, são tradicionais, e continuam decorando casas com muita elegância.

Saindo do Comum 

Se o objetivo é dar uma quebrada na seriedade da sala, o recomendável é usar tapetes estampados.

Por outro lado, os felpudos levam um certo conforto para a sala de estar. Eles se adaptam bem em qualquer sala, deixando o seu visual bonito.

Se a ideia é destacar o tapete no ambiente, ele deve ter cores fortes.

As estampas geométricas reforçam o estilo jovial da sala. Já para quem quer sair do comum, compre o tapete animal print, que costuma ter muita personalidade.

Da mesma forma, se o visual do tapete contar muito para o ambiente, o egípcio pode ser uma escolha interessante. Eles são delicados,  estilosos e costumam durar muito.

No entanto, ele não deve ser lavado a mão, nem alvejado. Sua lavagem deve ser feita de forma profissional, em um processo suave.

Integração com o ambiente

Para os que buscam por uma sala clássica e moderna, utilize neutralidade nas cores.

Uma estampa triangular é voltada para os que desejam ter uma sala mais arrojada, moderna.

Entretanto, se a busca é por um estilo moderno, jovial, o ideal é a ousadia: opte por tapetes geométricos com cores ou tonalidades inversas. Por exemplo: preto e branco, vermelho e azul.

No estilo clássico, o certo é optar por um tapete de lã de algodão. Contudo, caso seja uma sala formal, use os persas.

Eles nunca saem da moda. Se não quiser errar, invista em um felpudo, ele pode se adaptar bem em qualquer sala, deixando o visual bonito.

Material do tapete

Os tapetes podem ser compostos de vários tipos de materiais: lã, acrílico, poliéster, couro ou fibra sintética.

Os de lã duram mais e são mais macios. Fora isso, costumam ter alta qualidade.

Contém ainda uma grande variedade de cores, pois o material aceita bem a tintura, muito usada na tapeçaria.

Caso a opção seja ir para uma linha mais em conta, o acrílico imita muito bem a textura. No entanto, sua durabilidade é inferior.

Já os tapetes de poliéster, felpudos e brilhantes, são muito utilizados em salas de televisão. Aos alérgicos, o que se recomenda é comprar um de couro ou fibras sintéticas.

Outra dica interessante para deixar o tapete funcional no cotidiano é colar uma fita adesiva antiderrapante embaixo dele.

Assim, ele se fixa no chão e se mantém na posição correta, evitando escorregões e visual desorganizado.

Tamanhos

A definição do seu tamanho é baseada na medida dos cômodos e também dos mobiliários onde ele será colocado.

Quando seu uso é para definir um ambiente, tem que ficar de 15 cm a 20 cm maior que a área que está demarcando.

Para as poltronas, a dica é que a peça fique toda sobre o tapete. Já para salas de jantar, é necessário calcular o espaço adequado para o manuseio das cadeiras sem que elas se enrosquem.



O que você achou deste post?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)







Comentários

Mais populares