Meio-ambiente: sim, nós podemos!

11 março 2019     Blog da Doural

 

Se você acha que preservar o meio-ambiente é uma tarefa ingrata, destinada para poucas pessoas, está absolutamente enganado!

Pelo contrário: ajudar na sustentabilidade do planeta e preservar o meio-ambiente é algo que devemos praticar diariamente, sempre, sem exceções.

Não é à toa que, para conscientizar o planeta, todo 5 de junho celebra-se o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Trata-se de uma medida para propor uma reflexão, debater e criar soluções coletivas em benefício da limpeza dos mares e rios e também, claro, para a redução do consumo de plástico em

materiais como sacolas, canudos, copos, guardanapos, embalagens, e semelhantes, como uma forma de incluir a sustentabilidade no cotidiano das pessoas.

Segundo a ONU, Organizações das Nações Unidas, se a redução de produtos plásticos não ocorrer até 2050, haverá mais sacolas plásticas do que os próprios peixes no mar.

É preciso, de forma urgente, que haja uma intensa mobilização pelo consumo reduzido de materiais plásticos descartáveis, que podem e devem ser substituídos para que o planeta possa enfim respirar melhor.

Primeiramente, as sacolas plásticas que usamos no dia a dia nos mercados devem ser evitadas ao máximo. Em seu lugar, podemos utilizar as ecobags ou então carrinhos de mão dobráveis.

Contudo, caso não tenha como livrar-se do seu uso, reutilize a sacola para colocar nas lixeiras em sua casa, ou no seu prédio, para o descarte do lixo do banheiro, cozinha e também na separação de lixo reciclável.

Reuso de garrafas e copos ajudam o meio-ambiente

Inegavelmente, se reutilizarmos nossos copos e garrafas e não fizermos uso de objetos plásticos em seu lugar, certamente daremos nossa grande contribuição ao meio-ambiente.

A ONU tem números assustadores: nada menos do que 1 milhão de garrafas plásticas são compradas por minuto no mundo!

Se todos colaborarem e tiverem no ambiente de trabalho um copo de utilização frequente, certamente tornará nosso planeta mais sustentável.

Deixe de lado garrafas plásticas: tenha seu próprio copo, caneca ou caneca térmica  para ingerir água, suco ou café.

Sem dúvida alguma, a mudança vai ocorrendo aos poucos e a sustentabilidade fará parte do seu cotidiano.

Do mesmo modo, os canudos estão em contexto semelhante: se usados em grande escala, prejudicam demais o meio-ambiente.

Por exemplo, ao solicitar bebida em algum estabelecimento comercial, não peça seu suco com canudo.

No entanto, caso tenha problemas de saúde e precisa utilizar canudinhos, opte pelos de titânio,  bambu ou biodegradáveis.

Assim como copo e garrafa, é possível fazer uso do mesmo canudo diversas vezes. Basta escolher um que seja composto por material resistente.

Porém, no melhor cenário, o ideal é evitar os canudos. Ao dispensar esse item do seu cotidiano, principalmente os descartáveis, você estará ajudando demais o meio-ambiente.

Talheres

Não pense que os talheres não prejudicam o nosso sistema. Isso ocorre sim, e com grande frequência. Principalmente quando são utilizados os descartáveis.

Deste modo, ao organizar, por exemplo, um piquenique ou mesmo uma reunião em casa, dê preferência aos talheres reaproveitáveis.

Se cada um também tomar sua bebida em um único copo durante o evento será ótimo!

Ao final, não usando vários, certamente irá contribuir demais com o meio-ambiente e a sustentabilidade.

Ao passo que, ao pensar nisso, e no consumo excessivo de água, retire todos os possíveis resíduos dos talheres, pratos e copos antes de utilizar a água para limpá-los.

Isso deve ser feito tanto numa simples refeição, como também em reuniões com familiares e amigos.

Não desperdice: abra a torneira apenas quando for enxaguar a louça. Assim, o consumo de água será bastante reduzido.

Com toda a certeza também, usar guardanapos de pano é outra forma correta para que não se prejudique o meio-ambiente.

Se você puder carregar ou ter com você um kit fixo para se alimentar, como um prato, uma caneca, um guardanapo de pano e um kit de talheres, você estará em dia com a sustentabilidade.

Ao descartar guardanapo de papel no lixo, é mais um item que terá que se decompor, prejudicando demais o meio-ambiente.

Brasil perde de goleada para a reciclagem

Infelizmente, o Brasil faz parte de um triste ranking: é o quarto país no mundo que mais produz plástico.

São mais de 11 milhões de toneladas, ficando atrás somente de Estados Unidos, China e Índia. É o que aponta levantamento do Fundo Mundial para a Natureza, ou WWF na sigla em inglês.

Segundo o estudo, o brasileiro fornece, em média, cerca de um quilo de lixo plástico semanalmente.

Apesar disso, entre os dez maiores produtores, nosso país, infelizmente, é o que tem o menor índice de reciclagem (1,28%).

Assim sendo, fica muito abaixo da média global: 9%.

O Fundo Mundial afirma ainda que 2,4 milhões de toneladas do material não são descartadas de forma regular por aqui.

Outras 7,7 milhões de toneladas são destinadas a aterros sanitários. E mais de 1 milhão de tonelada nem ao menos são recolhidas pelos sistemas de coleta.

Ainda segundo o estudo, metade de todos produtos plásticos que poluem o mundo foram criados a partir do ano 2000.

Ainda assim, 75% de todo plástico produzido já foi descartado e somente 20% dos resíduos são recolhidos para a reciclagem.

Estima-se que um terço do plástico descartado tenha se inserido na natureza como poluição terrestre, de água doce ou marinha.

E, o que é pior: se nada for feito, alerta o WWF, a poluição plástica no planeta pode dobrar até 2030, sendo os oceanos os mais visivelmente afetados.



O que você achou deste post?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)







Comentários

Mais populares