Churrasco: prepare-se para o melhor de sua vida!

18 janeiro 2019     Almoço de Domingo

Churrasco! Seja no frio ou calor, com sol ou chuva, a carne no espeto vai ser sempre sinônimo de festa!

Uma das refeições prediletas de milhões de pessoas, o churrasco é tido por muitos como um evento social.

Ele tem uma linguagem universal. Onde quer que se vá, nos quatro cantos do planeta, a carne na brasa é sinônimo de alegria e confraternização.

Por isso, com todo esse mérito, há diversos cuidados quando preparamos um churrasco para fazer sucesso com os amigos e a família.

Primeiramente, um dos grandes segredos é pensar que um churrasco vai muito além da preparação da carne.

Fazer uma boa recepção, pensar na comida, na bebida e no ambiente em geral são tão essenciais quanto os alimentos que serão servidos.

Uma outra dica: leve sempre em conta que a carne leva ao menos uma hora para ficar pronta. É importante fazer o seu preparo antes dos convidados chegarem para não os deixar com fome.

Acessórios do churrasco

Certamente, as ferramentas básicas que um churrasqueiro tem que ter são: faca especial de churrasco, (bem amolada), garfo de churrascopegador de carne, espetos, grelha, e tábuas para cortar e servir a carne.

Sem dúvida alguma, o churrasqueiro tem que pensar em cada detalhe do preparo para que não falte nada aos convidados.

Afiando a faca, cuidando da temperatura do fogo, assando cada corte no tempo certo. Tudo isso conta muito!

Escolher de maneira adequada o modelo da faca é necessário para ter a certeza de uma refeição absolutamente perfeita.

Igualmente, há vários tipos de facas.

Elas são essenciais para todas as fases do preparo e para a hora de servir.

Normalmente, elas são feitas em madeira nobre, acabamento em verniz e proteção antimicrobiana, assim sendo, inibem a proliferação de bactérias na superfície da madeira. Este tipo de tábua é mais higiênica, fácil de limpar e segura para o preparo da carne, já que atua contra bactérias e micróbios.

Os talheres no churrasco

Lâminas em aço inox, garantem o corte perfeito das carnes e os talheres especiais para churrasco, fazem toda a diferença e dão um toque muito especial para os convidados na hora de comer, principalmente os que tem design diferenciado.

Como esses talheres são próprios para o corte de carne e fabricados com lâmina especial, é muito importante usufruir de uma forma segura.Use a faca somente na mesa para comer, como especificado há outras facas especiais para o corte no serviço.

Para quem está começando “na arte” do churrasco, a pista é contar com a ajuda de um equipamento completo.

Ao mesmo tempo, certamente te deixará mais á vontade na churrasqueira. E outra: é interessante que o churrasqueiro use um avental, para fazer a churrascada, por questão de higiene.

A churrasqueira

Primordialmente, uma das preocupações do churrasqueiro é saber onde vai preparar a carne.

Há no mercado diversos modelos de churrasqueirasa carvão, mais requisitada, a gás, ou a elétrica.

As churrasqueiras portáteis estão cada vez mais modernas e fáceis de adaptar aos espaços. Fazem menos sujeira e pouca fumaça, por isso são tão utilizadas inclusive nas varandas dos apartamentos.

Sobretudo, pela quantidade de fumaça formada pela churrasqueira a carvão, elas dão um sabor especial a carne que não se consegue na churrasqueira a gás ou eletricidade. Além de manter a magia tradicional do processo!

Dicas para um churrasco impecável

Sem dúvida, planejar o churrasco com a máxima antecedência é a chave do sucesso.

Tire a carne da geladeira pelo menos meia hora antes de iniciar o preparo. Neste mesmo intervalo de tempo, acenda o fogo para formar o braseiro ideal.

O mesmo tem que ser vermelho e sem fumaça. Retire os legumes e demais acompanhamentos da refeição.

É recomendável também separar a carne e os legumes em vários espetos para facilitar o controle do seu preparo e o ponto certo para tirá-los.

Coloque a carne com a parte mais encorpada na ponta do espeto. O calor da churrasqueira, normalmente, sobe mais nesta região, assando mais a carne da ponta do espeto.

Por último, deixe os espetos paralelos ao braseiro. Deste modo, eles recebem a temperatura de modo mais uniforme.

O jeito mais simples de acionar a churrasqueira é com o acendedor. Ele traz grandes vantagens: não faz labaredas e deixa o fogo uniforme.

Contudo, caso não possua um, recorra ao álcool líquido, embebido ou em papel ou no pão.

A seguir, pegue um pacote de 5 quilos de carvão e faça uma pirâmide, com pedaços grandes em uma parte da churrasqueira.

Já no meio dela, deixe um pedaço de papel percorrendo o caminho de baixo até em cima, embebido no álcool.

Quando o carvão já estiver pegado brasa, espalhe e coloque o resto do pacote, preenchendo todo o espaço.

É importante manter regiões da churrasqueira com duas temperaturas. Uma tem que ser mais alta para dourar a carne. A outra, mais baixa, no canto oposto para que cozinhe de forma mais lenta.

Lembrando que, em média, a carne leva uma hora para ficar pronta.

Sem dúvida alguma, escolher a churrasqueira ideal é garantia de um belo churrasco!

Há, no entanto, também grelhas portáteis, mais leves que podem fazer uma boa carne!

Elas são uma bela solução para que quem não tem espaço ou permissão para uma churrasqueira maior e não dão nenhum trabalho para funcionarem. São as grelhas elétricas

Planejamento

Inegavelmente, é importante ter uma boa noção de quantos convidados virão e qual perfil deles para saber exatamente qual serão as escolhas.

Desse modo, você conseguirá planejar quanto irá gastar, sem desperdícios.

Mesmo que você opte por uma bela peça de carne e cervejas artesanais, não pense que um bom churrasco se faz só com carne e cerveja, pelo contrário!

Complementos como vegetais, legumes, saladas, batatinhas, vinagrete, maionese, arroz, farofa e pães são sempre bem-vindos nestas ocasiões.

Da mesma forma, queijo coalho, linguiças e pão de alho darão um toque mais que especial!

Para saber a quantidade de comida e bebida que serão compradas e consumidas são importantes dois fatores: duração do evento e o tipo e quantidade de convidados.

Se os convidados costumam beber bem, o cálculo de cerveja, destilado e carne será muito maior, obviamente, do que um churrasco que tenha mais mulheres do que homens.

Um cálculo com folga para um evento de ao menos quatro horas é de meia dúzia de latas de cerveja por pessoa.

Bebidas como vodka e cachaça devem se limitar a uma garrafa para cada 10 pessoas. Tenha a mão ao menos um balde de gelo para ter as bebidas bem geladas.

Você precisa calcular isto como um todo, contando frango e linguiça. Por pessoa, normalmente 500 gramas de carne basta, contando para um evento estimado em cerca de quatro horas.

As carnes e os temperos

Se você é do tipo que não tem muita experiência no preparo do churrasco, o ideal é fazê-lo com carnes mais usuais: alcatra, contrafilé, picanha, se tem experiência, com cortes como cupim, costela e cordeiro caem muito bem. No entanto, estas últimas citadas exigem preparação mais elaborada, demandam mais tempo e cuidados especiais.

Opte pelas carnes com capa de gordura: elas deixarão o churrasco mais gostoso. Escolha carnes com aspecto vermelho vivo, não roxo e cheiro suave.

Sobre o tempero, use somente sal grosso nas carnes bovinas, menos na costela. Espalhe na carne e na gordura o sal grosso, porém tire o excesso.

Isso deve ser feito pouco antes da carne ir para a churrasqueira. Não faça isso muito antes, pois a carne irá absorver muito sal e perderá sangue. Portanto, ficará menos saborosa.

Em carne de porco, costela, frango ou cordeiro, o tempero a ser usado pode ser mais variado: limão, pimenta, ervas finas, etc

E quando a carne está pronta?

É claro que para ter um churrasco bem-sucedido um dos pontos chave é saber o ponto certo  de tirar a carne da churrasqueira.

Para os pedaços de carne cortados em bife, a altura da grelha deve ter cerca de 15 cm. Já para carne em pedaços, a altura tem que ser de 40 cm.

A picanha, por exemplo, pode ser cortada em postas de 3 cm de espessura. Ela deve ficar ao menos sete minutos de cada lado na grelha e a 15 cm de distância do fogo.

Caso seja assada em uma peça, não em bifes, deve ser colocada com a gordura virada para cima. Seu tempo estimado no fogo é de, aproximadamente, 40 minutos.

Posteriormente, vire a gordura para baixo e deixe mais 15 minutos para dourar. No caso do contrafilé, bastam oito minutos de cada lado para ficar pronta.

Já a peça de fraldinha deve ser colocada no espeto com a camada de gordura para baixo. Depois de selada, asse cada lado por cerca de 20 minutos, com a grelha a 60 cm de altura.

Boa sorte e tenha um delicioso churrasco!



O que você achou deste post?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)







Comentários

Mais populares